• Consultor André Rocha

Ecommerce: A importância dos títulos dos produtos e sua relação com Google Shopping

Atualizado: Abr 6

Um Ecommerce possui um montante de produtos, em sua maioria, extensa. Os Títulos destes produtos, quando otimizados, ajudam a trazer tráfego orgânico para sua loja e também potencializa a entrega no Google Shopping (Google Ads), potencializando seu investimento.


É fato que na loja online, alguns produtos se destacam muito mais que outros, seja pelo volume de acessos orgânicos e pagos ou até mesmo conversão. Além de fatores inerentes, como volume de pesquisa para aquele determinado produto, preço diferenciado, Kits especiais [...], o título do produto é uma parte importante deste processo.



Mas afinal, qual a importância do título?

O Google trabalha na base mais democrática de todas: Relevância. Ou seja, quanto maior for a relevância do resultado de busca perante a pesquisa realizada, melhor "pontuado" a sua empresa/produto/serviço será. Desta forma, ele priorizará, de forma dinâmica e eficiente, as buscas para aquele usuário em específico.


Se o usuário pesquisa pelo tipo de produto +marca +modelo +cor +tamanho, o Google mostrará nos resultados, preferencialmente, produtos que tenham essas características, e se possível, esta ordem.


Assim, quanto maior for o conhecimento da loja online perante comportamento de pesquisa, melhor será seu desempenho, seja orgânico ou pago. Entender o padrão de busca de cada tipo de produto e categoria da loja é vital para seu crescimento e escalabilidade.


Há muitos sites com títulos conectados com seus sistemas integrados de gestão empresarial (ERPs), onde os títulos não foram desenvolvidos para alta relevância ou conversão, mas sim apenas para controle interno da empresa. Estes títulos possuem uma margem de sucesso no mercado bem baixa, pois nunca serão relevantes no processo de exibição do Google de forma orgânica, e muito menos no paga.


Veja um exemplo de título incoerente com a busca natural do mercado:


O padrão mais comum de pesquisa deste produto é +tipo do produto +característica principal +marca +quantidade.


Nestes exemplos acima, a segunda loja possui maiores chances de exibir seus produtos nas pesquisas para o usuário. Isso desconsiderando tamanho de investimentos e marca, mas sim com base no principal, relevância.


No Google Ads (Shopping), a relevância do anúncio, produtos e página de destino influencia de forma direta seu posicionamento na página de busca, tão como valores por cliques. Apresentando assim, o acompanhamento dos títulos, uma grande importância para entrega, volume de cliques e por consequência, conversão.


Agora se pergunte: Seu E-commerce está otimizado para ter a maior relevância possível em seus produtos?


E no Google Ads, consegue entregar de forma consistente seus anúncios e com ROAS positivo?



© 2020 por André Rocha Consultor